Heranças

TESTAMENTOS​

É o negócio jurídico pelo qual alguém procede à disposição de última vontade.
O testamento público é o ato de disposição de bens para depois da morte. Já o testamento vital especifica as diretivas antecipadas de vontade em matéria de cuidados de saúde.

PARTILHA​

As partilhas de património societário, de património hereditário e de bens em casos especiais, podem realizar-se por meio de escritura pública ou documento particular autenticado, sendo que as duas últimas podem ainda ser feitas por inventário. Existem vários tipos de partilha: A partilha de herança, a partilha de bens sociais, a partilha do casal, a partilha em vida.

HABILITAÇÃO DE HERDEIROS​

É o ato preparatório da partilha, em que se declara que não há outros herdeiros para além dos habilitandos.

INVENTÁRIOS​

O processo de inventário destina-se a possibilitar a partilha dos bens pelos diversos herdeiros (quando não há acordo de todos os interessados na partilha) e ainda à extinção dos bens comuns dos cônjuges após separação, divórcio ou declaração de nulidade.

CESSÃO DE QUINHÃO​ HEREDITÁRIO​

Cada um dos herdeiros pode individualmente alienar o seu quinhão hereditário (fração da herança a que tem direito o herdeiro), através de documento particular, ou se a alienação desses bens o exigir, por escritura pública ou documento particular autenticado.

REPÚDIO DE HERANÇA​

É um negócio jurídico, que só tem lugar após a abertura da sucessão, mas cujos efeitos retroagem a essa data, em que se considera como não chamado à herança aquele que a repudia, o que não invalida que os seus descendentes sejam chamados à herança, pois têm direito de representação.

Agende o seu serviço

Solicite seu orçamento grátis!
  • Ícone do Facebook Branco

Horário de Funcionamento:

Segunda a Sexta

09h - 13h e 14h - 18h

Copyright © 2019 Alex Jan Himmel